quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

MÁ SORTE...

"MÁ SORTE É TER NASCIDO SEM SABER JOGAR COM AS SOMBRAS"
Nem sei de quem veio esta sabedoria, mas sou guiada por ela sempre que fico desanimada - o que, felizmente, é raro acontecer.
Estou de novo em casa, junto a alguns de meus amados. Os outros viajaram, mas tem deles aqui em cada canto.
Meu menino se recupera bem, depois de mais alguns dias de hospital. Acredito que agora se fortaleceu e logo logo desanda a fazer estripulias no skate. Artur chegou como quem não quer nada, inesperadamente; vive como quem quer tudo, naturalmente pra sua idade; luta pelo que sonha e tem certeza de que vai conquistar - sabiamente.
Nosso Natal foi comemorado lá. Meu marido e filhos levaram os presentes, a ceia, a boa energia de uma família de 'tá junta incondicionalmente. Brindamos, rimos, celebramos a alegria de termos, nesta vida, a chance de viver juntos. Foi lindo nosso Natal!
Recebi a carta de amor mais linda que já foi escrita. Fiquei ainda mais fortalecida e apaixonada - se é que isto é possível. Quero viver feliz com meu par até o último abrir e fechar de olhos, como dona Norma e seu Jorge, dona Neném e seu Elysio - que passaram aqui no dia em que chegamos do hospital pra me conhecer. Lindos demais esses casais. Exemplos de vida e de parceria.
Tê e Lucas - que enfrentaram uma viagem de 9 horas por nós -, Cláudia, Maria, Virgínia, Amélia, Beth, Valéria, Daniel, Fabiano, Cris e todos os amigos que estiveram no hospital conosco levando força, coragem, comidinhas especiais, alegria - cada um foi e é um presente todos os dias.
Daqui a poucas horas começa um novo ano. Como gosto mais de encontros que de despedidas, não considero hoje tão importante quanto amanhã. Um ciclo se fecha, outro se abre. Vou abraçar apertado - como todos os dias - meus anjos queridos que vivem por perto, falar por telefone com os que moram longe, escrever, sentir saudade. Agradecer.
Tenham todos muita paz - sempre!

7 comentários:

Teste disse...

Te amo infinito

Ó do Borogodó disse...

E eu então???

Adélia Carvalho disse...

Ah que post mais lindo Cândida, acho que falou tudo. Natal e ano novo é isso mesmo, é estar juntos com as pessoas que amamos, renovando nosso carinho e cuidando, cuidando sempre uns dos outros. Fico feliz que agora o Artur ficou bom de tudo e que o natal de vocês tenha sido tão abençoado. E agora no ano novo desejo a vocês mais sorrisos, mais amor e mais tudo de lindo e colorido que possam desejar! Abraços!!!

Anônimo disse...

Deixo registrado minha admiração e orgulho!
Da pessoa GRANDE que vc é, das GRANDEZAS que vc espalha, cria e recria sempre!
Amo vc e sua família de PAIXÃO!!!
E ler seu blog é mesmo que estar te ouvindo contar casos, rs! AMO!!!!
Espero que em 2010 a gente possa ter mais encontros felizes, assim
como foram os anos todos a partir do nosso encontro. Vc me faz tão
bem!!!!!! Conte comigo pra sempre!!!
Bjos renovados de amor!!!
Ana Amélia

Anônimo disse...

Can querida,

Este-mail e o último do Blog, é vc ou seja ,o que vc escreve...Emoção pura!!! Capricha nisso fia ,pois hoje as pessoas estão padecendo por falta de sensibilidade e amor...Graças a Deus existe uma Can em nosso percurso!
Bjos a todos ,especialmente no nosso menino,com sabor de saúde...saúde...saúde !!!

Beth

Walmir disse...

pois esta de jogar com as sombras eu não sabia. é bela reflexão. Embora que passar natal em hospital não tenha sido sombra, foi até divertido. Coisa pra se contar. Sempre.

little star school disse...

Pois é né....enfrentamos mesmo, 9 horas daqui de GV até aí só pra tirar Tuty Cassandra do hospital....eu sentada ao lado de um mamute de rosa choque, sem dar um cochilo porque não me cabia na metada da poltrona que me restou, o que me rendeu vários roxos pelo corpo, e o Lukinhas ao lado de uma autista, brincando com o vidro daqui até aí...rs....mas valeu a pena, afinal foi Cassandra me avistar, colocar a cuia que levei para abaixar o cabelito que estava tipo espanador depois de um dia de faxina, para gargalhar um bocado e receber alta em menos de 24 horas depois...EU SOU DEMAIS!!!!!Mas como tudo tem ônus e bônus, o primeiro foi o que comandou, pois quase tive que voltar com meus documentos dentro de uma sacola chiadeira de supermercado, né, minha rirmãzinha amada.....rs.....De hoje em diante irei com tudo meu dentro de um saco de lixo para não AFANAR as bolsas que levo, entendeu?Beijo enorme.Love you, Tê